Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
2020, UM ANO PARA PENSAR
07/09/2020 07:59 em Opinião

JORNAL DA ILHA - Artigo

São Félix do Araguaia (MT) - Caro (a) amigo (a), como eu, talvez você também esperasse um ano repleto de coisas boas, aliás, um novo ano é uma oportunidade ímpar para que nós possamos buscar a essência daquilo que nos realiza, para que possamos viver tudo com intensidade, trilhando assim um caminho que nos leve a contemplar a felicidade que nos preenche. 2020 chegou repleto de promessas e expectativas, já no primeiro dia do ano a gente sorria e com gratidão começávamos a escrever uma nova história.

Já nos primeiros meses do ano, éramos aterrorizados com a terrível notícia de que um vírus invisível e muito perigoso se espelhava pelo mundo e logo chegaria até nós. Ao depararmos com os noticiários, ficávamos estarrecidos e nos questionávamos se seria o fim de tudo.

O tempo foi passando e observamos que esse vírus vai além daquilo que ele se apresenta, ele com sua força, levou muita gente querida para longe de nós, afastou famílias, isolou pessoas e encobriu sorrisos. Que ano cruel! Quantas perdas, quanto vazio e quanta angústia. Como viver bem os dias que nos restam desse ano? Como viver bem sem poder visitar, abraçar e confortar aqueles que amamos?

2020 é uma verdadeira escola, um tempo em que nos faz pensar e repensar a nossa própria vida, nossa história, nosso trajeto, nossas escolhas, um tempo difícil que nos faz aprender, ainda que na marra, que a vida tem sentido quando não pensamos só em nós mesmos, mas elevamos nosso pensamento, carinho e atenção para o próximo, não importa quem este seja.

Não é um momento para fazer promessas, mas um momento oportuno para renovar o nosso interior e dar a devida atenção para aquilo que antes passava despercebido diante dos nossos olhos. Este tempo complexo traz para nós uma pergunta fundamental: será que realmente estávamos vivendo bem? Na correria do dia-a-dia, vivíamos tudo como se fosse uma enorme disputa, ganhava quem ajuntava mais coisas, quem saia na frente, quem conseguia alimentar profundamente o seu ego, quem olhava somente pra si, buscando se auto sustentar nos seus anseios e desejos pessoais.

2020 veio para nos chacoalhar, para reafirmar para nós mesmos que a beleza está na simplicidade do cotidiano, no canto de um pássaro, na flor que desabrocha esperando ser contemplada, na mesa comum de uma família, num abraço demorado levando para bem longe a saudade, numa oração que nos leva intimamente a nos conectarmos com Deus, e assim vai, quantas coisas podemos aprender com este ano, quantas realidades podem ser transformadas mediante a nossa conversão.

Este ano é um terreno fértil onde nós podemos plantar a fé e colher a esperança, por isso, é preciso traçar um olhar mais “positivo” sobre o mesmo, um olhar que possa contemplar a verdade, o amor, o compromisso e tudo aquilo que nos faça pessoas melhores, mais generosas, mais solidárias, mais fraternas, pessoas que vivam a humanidade de forma profunda e apaixonada.

A vida, as situações, e os obstáculos exigem muito de nós, somos a todo instante interpelados a dar uma resposta significativa. Certamente esse é o momento exato em que podemos dar uma resposta profunda para este tempo, resposta essa que não deve ser pelo ato da palavra, mas sim pelo ato do testemunho, por isso é tempo de testemunharmos que podemos efetivar um novo jeito de viver, de nos colocarmos diante da realidade, de vivermos permeados pelos melhores sentimentos que habitam em nosso coração.

E quando 2020, terminar? O que faremos? 

Faremos o possível para que as lições aprendidas nesse ano possam penetrar a nossa razão e a nossa alma, fazendo com que possamos viver de maneira mais assertiva aquilo que realmente vale a pena.

Por Frei Danilo Gomes de Almeida, da Ordem de Santo Agostinho, Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, São Félix do Araguaia, Mato Grosso.

COMENTÁRIOS